Uma Fugidinha para Zaanse Schans

Ontem nossa rápida ida ao centro de Amsterdam nos deixou um pouco desanimados. O Marcos, principalmente, não estava afim de enfrentar aquela multidão e toda a sujeira e como estamos bastante cansados, resolvemos dar uma fugidinha para Zaanse Schans, que é uma vila há alguns minutos de Amsterdam.

Pegamos o carro e saímos de manhã, mas não tão cedo como gostaríamos. Ao chegar na vila já percebemos que tinha sido uma ótima escolha: tudo bem limpinho, organizado e com um visual lindo de morrer!

Moinhos, casinhas coloridas, muita grama verde, ovelhas, vaquinhas e o céu super azul.

Zaanse Schans

Estacionamos o carro com tranquilidade, embora o lugar estivesse bem cheio. Paramos em uma sombra para passar protetor solar, pois o sol estava rachando e já aproveitamos para tirar as primeiras fotos.

Curtindo Zaanse Schans

Soninho em Zaanse Schans

Moinhos de Zaanse Schans

Água e Moinhos Zaanse Schans

Zaanse Schans, Holanda

Moinhos Zaanse Schans

É realmente muito legal ver aqueles moinhos todos, naquele cenário lindo. Seguimos caminhando para chegar mais perto e fomos passamos por locais super legais, com lojinhas, mais ovelhas, patinhos, gansos. Claro que o Murilinho, apesar do sono, foi se divertindo pelo caminho. O que ele mais gostou foi de passar as pontes curvas e pequenininhas sobre os canais.

Pontes em Zaanse Schans

Água Zaanse Schans

Canal Zaanse Schans

Ovelhas em Zaanse Schans

Tranquilidade em Zaanse Schans

Paramos para almoçar em um restaurante bem mequetrefe que fica lá dentro. Não tinha mais quase nada do cardápio, então pedimos 2 sanduíches de atum e 1 de presunto e queijo com um suquinho de garrafa e 2 cocas. Esse almoço “super requintado” ficou em 30 euros. 30 euros! É o equivalente a R$ 120! o.O

Além disso, o Murilo não quis comer o sanduíche dele de jeito nenhum e acabou ficando só com o suco e as papinhas que levamos.

Almoço caro em Zaanse Schans

Depois do almoço vimos um gatinho em uma das casas da vila e o Murilo ficou todo feliz. Ele ADORA gatos, então quando encontramos gatos pelo caminho, já vale o passeio pra ele! hahahaha

Gatinho em Zaanse Schans

Depois do gatinho, ele só tava querendo carrinho de novo, pois já tava morrendo de sono. Andamos mais um tanto e paramos para observar os barquinhos, enquanto brincamos um pouco. Ele tava se divertindo muito em tentar colocar os meus óculos no meu rosto, principalmente quando ele me acertou o olho e eu disse “ei, cuidado que assim vc vai furar meus zóio tudo”… ele caiu na gargalhada e só queria saber de brincar assim depois. E ai de mim se não continuasse!

O sol estava muito, muito forte e ele estava reclamando muito da luminosidade. Então deixamos ele usar o meu óculos um tempo e depois trocamos para o óculos do Marcos, pois o meu estava caindo. Ele ficou todo-todo. :P

Dia Ensolarado em Zaanse Schans

Ao chegarmos em um moinho que permite entrar e subir, o Marcos não tava muito afim por estar muito cansado e não querer subir degraus e eu também li que era só para crianças acima de 6 anos. Então ele ficou lá fora com o Murilinho e eu subi para conhecer. Além de ser bem interessante ver como é que um moinho funciona por dentro, o visual lá de cima é encantador.

O dia estava bem quente, mas com uma brisa bem fresca. Aquele ar puro, delicioso, ficou ainda mais gostoso ali em cima.

Continuamos andando até onde os turistas começaram a sumir. Para mim, aquela área, que fica beeem para o fundo, perto dos últimos moinhos, foi sem dúvida a parte mais especial e bonita. Aquela tranquilidade toda, observar como é que as pessoas ali vivem, olhar os quintais das casas com moinhos – muito legal!

Quintal de uma Casa-Moinho

Casa-Moinho em Zaanse Schans

Entrada Casa Moinho Zaanse Schans

Zaanse Schans

Zaanse Schans

Barcos Zaanse Schans

Zaanse Schans

Fomos voltando, passamos na fábrica/ loja de tamancos de madeira, compramos alguns suvenirs e decidimos parar em outro restaurante para tentar comer uma panqueca e usar o wifi grátis, para pesquisar em qual restaurante iríamos jantar. Mas o restaurante tava fechando e o wifi não tava funcionando! Conseguimos outra rede e decidimos ir para uma cidadezinha próxima dali para jantar: Alkmaar.

Ao chegarmos lá, fiquei super animada. Cidade LINDA, super simpática, cheia de gente sentada em mesinhas perto dos canais. A impressão é de que é uma Amsterdam menor, mais calma e limpa. Mas é só a impressão mesmo, pq pra falar a verdade, desistimos de descer lá. Nem mesmo tiramos fotos (sorry! mas tem vídeo da gopro, publico depois!).

Ficamos rodando de carro sem encontrar lugar pra estacionar e não conseguimos achar de novo aquela área super simpática pela qual passamos ao entrar na cidade. Além disso e principalmente, o Murilo começou a ficar muito, muito, muito irritado, com fome e com sono.

Ficamos com a consciência pesada e decidimos sair correndo dali para o hotel. Chegamos lá, o Marcos foi buscar um macarrão em um restaurante lá perto. Jantamos e terminamos nosso dia. Amanhã temos Amsterdam.


Comentários

Comentários

Add Comment