Diversão e Superação nos Parques de Orlando – Universal

Nossa passagem pelos parques da Disney foi sensacional. Agora é hora de conhecer os dois da Universal.

Quarto Dia: Universal Studios e Noite do Terror
Quando chegamos no Universal Studios demos uma desanimada. Já parecia bem mais lotado que os parques das Disney, menos sinalizado e não existe o Fast Pass. Existe um passe prioritário que você pode pagar para passar as filas, mas é caríssimo e não ia compensar de jeito nenhum, já que já tínhamos pago um preço bem salgado pelo ingresso e pela Noite do Terror.

Percebemos então que precisaríamos mesmo enfrentar as filas. Não pegamos nenhuma super gigantesca, mas a impressão é que você acaba demorando mais do que precisaria em todas elas. E em praticamente todos os brinquedos, sempre tem um filminho chato pra assistir antes, o que me irritou um pouco. E as atrações parecem acabar mais rápido do que deveriam. Mas, apesar disso tudo, é muito legal, os brinquedos são bem interessantes e os ambientes muito bem montados. Destaque especialíssimo para o brinquedo dos Simpsons que é incrível!

The Simpson’s Ride é o melhor brinquedo do Universal Studios (na nossa humilde opinião).
Foto: autor desconhecido

Além desse, também gostamos bastante da montanha russa do filme A Múmia! Não fomos na montanha russa gigantona desse parque porque além de eu morrer de medo e ainda não ter me superado a este ponto, o Marcos também ficou morrendo de medo de ir por causa de uma super subida completamente na vertical.

Revenge Of The Mummy: adoramos!
Foto: Smart Travel

Para almoçar, resolvemos comer um lanche no famoso Mel’s Drive In, que é uma hamburgueria super ambientada nos anos 50.

Infelizmente, como o parque fecharia mais cedo por causa da Noite do Terror, não conseguimos ir no ET, que eu queria muito conhecer :(

Bom, saímos do parque às 17 horas e fomos comer no bar da NBA que fica no Universal Downtown (na saída do parque). Voltamos às 18 para a Noite do Terror.

Noite do Terror: Esse monstrinho ‘simpático’ resolveu me perseguir

Eu que sou bem medrosa, levei vários sustos. Principalmente na casa do Silent Hill e depois em uma outra de espíritos, que acabei desistindo de ver inteira e me escondi nas costas do Marcos :)

Mas um susto grande eu levei na saída de uma das casas, quando fui pegar de volta minhas coisas no armário, agachei para destrancar e quando fui levantar, tinha um monstro agachado olhando pra minha cara, hahahahaha….

Não conseguimos ficar muito tempo pq estávamos muito, muito cansados. Mas deu pra divertir bastante. O ambiente, o clima que eles montam, as maquiagens, a atuação dos monstros é tudo muito legal e se a pessoa for mais medrosa, pode sair impressionada.

Quinto Dia: Universal – Ilha da Aventura
O Marcos estava ansioso por esse parque, que fica do lado do Universal Studios, separado pelo Universal Downtown. As maiores expectativas eram pela montanha-russa do Hulk e pelo castelo do Harry Potter. A primeira atração foi uma montanha russa diferente, que fica na área do Harry Potter: Dragon Challenge. São duas montanhas-russas em uma: você pode escolher ser o dragão vermelho ou o azul. Pra mim era demais, mas o Marcos foi e repetiu em seguida :)

Dragon Challenge: não tive coragem e o Marcos foi 2x :)

Dos que eu fui, o que mais gostei foi do Harry Potter. O Castelo é realmente impressionante e o simulador é demais. Vale muitíssimo a pena. Mistura um pouco de ‘realidade’ com realidade virtual. É show!

O Castelo do Harry Potter: incrível

O Marcos também amou a montanha-russa do Hulk. Foi 2x tbem. Claro que eu não tive coragem e não me arrependo nenhum pouco. Dizem que é uma das maiores dos EUA e a maior da Flórida e quando passa nos loops, parece mesmo o Hulk urrando, hehehe.

Montanha Russa do Hulk: Marcos também repetiu :)
Foto: autor desconhecido

Outro destaque, nem tão bom, foi o brinquedo Doodley Do-Right’s Ripsaw Falls, com uma queda vertical maior e mais rápida que o Splash do Magic Kingdom. O problema é que a fila é gigante e impressionantemente chata/ irritante. Além disso, o brinquedo é cheio de pegadinhas antes da queda e, pior, depois da queda. Pra ter idéia, depois de vc já ter se ensopado, ainda ficam umas arminhas atirando no meio da sua cara, bem devagar, enquanto vc está preso no carrinho e não consegue fazer nada. Muito chato! Ah, e o carrinho é minúsculo, apertado, quase não cabe uma bolsa pequena e não tem locker do lado de fora. Ou seja: fria. Massss, o Marcos adorou, hahahaha.

(Vídeo em breve)

Ah, tenho que falar também da área “The Lost Continent”. Não tem nenhuma atração super legal e o Poseidon’s Fury é meio decepcionante. Mas o cenário/ ambiente é lindo, perfeito!

Lost Continent é uma área linda e super realista!

A área dos super-heróis também é legalzinha e vale bastante a pena ir no brinquedo do Homem Aranha, que é do tipo do Harry Potter.

Ah! Também são super legais as réplicas do DeLorean (Universal Studios) e do carro do Jurassic Park (Ilha da Aventura) que rendem fotos legais.

Réplica do carro de Jurassic Park

O problema é que depois de 4 dias em parques, o corpo começa a reclamar. Já estávamos bem cansados nesse último dia, então nem fomos em tooodos os brinquedos e acabamos indo embora antes do parque fechar. Até pq ainda precisávamos dar uma ajeitada nas malas pra viajar no dia seguinte, rumo a Saint Pete Beach :)

Mas certamente Orlando me surpreendeu. Eu, que não tinha expectativa nenhuma, saí de lá querendo voltar. Além de ter toda a magia, diversão e etc., para mim ainda foi sinônimo de muita superação de um medo de montanhas russas que me assombrou a vida toda :)

Veja também: Diversão e Superação nos Parques de Orlando – Disney


Comentários

Comentários

One thought on “Diversão e Superação nos Parques de Orlando – Universal

  1. Pingback: Diversão e Superação nos Parques de Orlando – Disney « MJTrips

Add Comment